Trilho das Lagoas da Torre

ROTA DAS 25 LAGOAS

Para todo o tipo de rotas, percursos trilhos outros passeios é aconselhável o uso do mapa turístico do Parque Natural da Serra da Estrela

Trilho das Lagoas da Torre

Duração: 3h Distância: 8km

O ponto de partida para este circuito pedestre é um local mítico: a Torre – ponto mais alto de Portugal Continental. Daí, a vista alcança pontos culminantes, extremamente longínquos, desde a Serra da Boa Viagem na Figueira da Foz, até à Serra de Gredos em Espanha; do Marão em Trás-os-Montes à Serra de Portalegre no Alentejo. Praticamente metade do território português e algum espanhol podem ser avistados da Torre. Das traseiras das instalações que serviam de abrigo aos antigos radares, junto à capela, siga para poente pelo caminho em direção ao Poio da Estrela (1931m). Marginando pela direita, mais abaixo pela esquerda, verá a linha de água que passa no esporão que separa as Lagoas do Covão das Quilhas da Lagoa Serrano. Atravesse o muro da Lagoa do Covão das Quilhas e siga a linha de água até ao Covão do Boeiro. Siga pela Garganta de Loriga, vale glaciário constituído por quatro depressões (covões), escavadas pelo gelo e situadas em degrau. Depois da ponte de madeira, siga pelo caminho à esquerda que desce até ao Covão do Meio. Siga agora até à estrada nacional passando pelas ruínas de uma capela. Atravessando-a na Fonte dos Perus, onde encontrará um marco, conhecido por Cume (1858m), ou por Planalto da Expedição. A partir do Cume vá em direção nascente. Caminhe junto às Lagoas das Salgadeiras. Vire à direita no sentido da estrada e prossiga até à Torre onde concluirá este trilho.