Peso-Barco

Tipo: Pedestre Linear; Distância: 8,2 Km

Duração Média: 2h00m (pedestre) 40m (BTT)

O Peso, também conhecido por Santa Maria madalena do Peso, é uma tradicional povoação serrana, situada ma margem direita do Rio Zêzere. A aldeia situa-se numa região abençoada pela natureza, com a grande Serra da Estrela como vizinha. Sobre as suas origens reza a lenda que um almocreve cruzou um dia ali o rio com o saco às costas. Enquanto atravessava o rio foi perdendo parte da mercadoria sem se aperceber. Quando chegou à outra margem, sentindo-se mais aliviado, suspirou: “Oh! Que pesinho!” Esta exclamação contrapunha-se com a que tivera no início da travessia: “Oh! que peso, arre!”. Esta história espalhou-se pelo povo que logo se apressou a chamar “Peso” ao lugar da margem direita do Zêzere, e “Pesinho” ao da margem esquerda.

O Peso orgulha-se do seu património natural, cultural e arquitectónico,destacando-se a Igreja Matriz, do século XII, as Capelas do Divino Espírito Santo e a do Senhor dos Paços, o Chafarizito e o Santuário a Nossa Senhora de La Salette.  A gastronomia local é rica, designadamente a confecção do grão-de-bico com ovos, enchidos (morcelas de sangue, morcelas de arroz e chouriço mouro), as beringelas fritas com ovos, estufado de perdiz, pão leve e os famosos brulhões.

DESCRIÇÃO DO PERCURSO

Saindo deste local pela estrada de alcatrão em direção ao Fundão, a GRZ atravessa o Zêzere e, cerca de 1400 m depois, sai para estradas agrícolas que percorrem esta margem separando os férteis campos do rio, até chegar ao Pesinho. Aqui acompanha a estrada principal para mudar novamente de margem e chegar ao Barco.