Visit Covilhã | Vem com tempo

"Tudo o que o visitante necessita na Covilhã... Encontre facilmente lugares, guias, direções, informação..."

O Último Julgamento 

Carregando mapa ....

Data / Hora
01/11/2019
21:30

Localização
Auditório do Teatro das Beiras

Categorias


O Último Julgamento

TEATRO DO MONTEMURO – Ricardo Alves

Artigo 20.ºAcesso ao direito e tutela jurisdicional efetiva A todos é assegurado o acesso ao direito e aos tribunais para defesa dos seus direitos e interesses legalmente protegidos, não podendo a justiça ser denegada por insuficiência de meios económicos.

na Constituição da República Portuguesa

“A justiça inflexível é frequentemente a maior das injustiças.”

Terêncio 185 a.c. – 159 a.c.

“Para ser justo há que dizê-lo: é sempre um prazer regressar ao Campo Benfeito. Esta é uma realidade que na verdade nem devia existir. Onde já se viu haver um teatro, numa aldeia no meio de uma serra, onde nem um café existe? Esta é uma realidade que nenhum manual de políticas culturais ou sociais defenderia, e no entanto cá está o Teatro da Serra de Montemuro a fazer teatro desde 1990. É por isso que é bom, o real nunca sai dos manuais, sai dos sonhos de quem o construi. De quem sente uma falta e desfaz injustiças.”

Ricardo Alves – Campo Benfeito outubro de 2019

Ficha técnica

Texto e Encenação: Ricardo Alves | Cenografia, figurinos e cartaz: Sandra Neves | Interpretação: Abel Duarte, Ana Vargas, Dóris Marcos, Eduardo Correia, Maria Teresa Barbosa e Paulo Duarte | Construção de cenários: Carlos Cal | Costureiras: Capuchinas crl | Assistência à Cenografia, construção de cenários e Figurinos: Maria da Conceição Almeida | Desenho de Luz: Paulo Duarte | Direção de Produção e Comunicação: Paula Teixeira | Assistência à produção e comunicação: Marta de Baptista | Direção de Cena: Abel Duarte | Fotografia e vídeo: Leonel Balteiro

teatro | 60 min. | maiores 12 anos