Área de Descanso do Barco – Cabeço do Pião

Tipo: Pedestre Linear; Distância: 13,9 Km

Duração Média: 3h25m (pedestre) 1h15 (BTT)

A agricultura é uma das principais atividades da população do Barco. Os terrenos da freguesia são férteis e produzem essencialmente milho, feijão, azeite e centeio. Quase todos os terrenos de cultivo se situam nas margens do Zêzere, delimitados com muros perpendiculares ao rio que caracterizam a paisagem. Têm uma função muito específica e bem estruturada: é com estes muros que se sustentam e fixam os solos férteis trazidos pelas cheias do rio.

A vila do Barco é uma freguesia do concelho da Covilhã, com 14,07 km² de área e cerca de 500  habitantes. Dada a coesão e a participação das gentes do Barco nas atividades socioculturais da vila, existem diversas associações, das quais se destacam a ARPAZ – Associação Regional de Solidariedade e Progresso do Alto Zêzere,  o Sport Clube do Barco, a  Sociedade de Recreio e Folclore de S. Sebastião,  o Clube de Caça e Pesca do rio Zêzere, a  Associação Cultural e Recreativa do Barco, o  Rancho Folclórico e o Centro Social.

DESCRIÇÃO DO PERCURSO

Saindo deste local o percurso aproxima-se do rio Zêzere para acompanhar a margem ao longo dos campos agrícolas que o bordejam. Começando por estradas com alguma acessibilidade, irá depois enveredar por veredas ancestrais mantendo-se a curta distância do rio. Saindo destas veredas passa pelo Ourondo para continuar ao longo do rio, ora por caminhos de terra, ora pela EM512 que o leva até à ponte do Cabeço do Pião.